.
 
 

Responsabilidade Social na CAIXA

 
Ao oferecer e receber serviços, empregar pessoas e se relacionar com outras organizações, parceiros e comunidades, uma empresa deve ser vista, acima de tudo, como um ente vivo e social.

Considerando tal conceito, é importante destacar que o modelo de gestão que prega apenas a lucratividade financeira do negócio vai contra as perspectivas atuais do mercado, que hoje pede empresas que pautem suas relações em princípios éticos, aliando crescimento econômico, inclusão social e a conservação do meio ambiente.

Essa forma de gestão é consolidada nos princípios da Responsabilidade Social Empresarial (RSE), que visa garantir metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais. A CAIXA, desde sempre, pratica modelo de gestão RSE, embora de maneira não-sistematizada. Hoje, a RSE faz parte de sua governança corporativa e está presente na missão e nos desafios estratégicos da empresa.

O RSE e a Inclusão Social

Promover a inclusão social é um dos principais objetivos da CAIXA. Uma forma de tornar isso realidade é apoiar inúmeros projetos artístico-culturais, educacionais e desportivos, além de disponibilizar os principais benefícios aos trabalhadores.

Ao priorizar setores como habitação, saneamento básico, infraestrutura e prestação de serviços, a CAIXA também exerce papel fundamental na promoção do desenvolvimento urbano e da justiça social do país, além de contribuir para melhorar a vida das pessoas, principalmente as de baixa renda.

 
 
 
bnr_sustentabilidade.jpg